Afinal, gravidez é ou não doença?


  
Estou completando 28 semanas, e entendo que não passei por tudo o que tenho que passar ainda até o final da gestação. Mas existe uma frase que tem me inquietado muito e que tenho ouvido muito pelo fato de eu ter algumas recomendações médicas; GRAVIDEZ NÃO É DOENÇA, afinal, gravidez é ou não uma doença?
Não! Com toda certeza do mundo afirmo a vocês que gravidez não é doença, mas gravidez tem sintomas assim como toda doença. Assim como a gripe gravidez também tem mal estar, pressão baixa, as vezes alta, ânsia de vômito, dores no corpo, assim como a anemia a gravidez também tem cansaço, fraqueza, falta de ar, dor de cabeça, mal estar, tontura. E perai que posso citar mais alguns sintomas pra vocês: formigamento no braço, pressão alta, fome excessiva, cansaço extremo, falta de energia, uma dor terrível nos pés, dor fora da realidade na lombar, seios doloridos e inchados, e quando o bico do seio não começa a coçar desesperadamente que você tem vontade de pegar uma faca de serra e coçar, sono muito sono, pés e mãos inchados, cólicas chatinhas,  depois cólicas muito chatas, e então as famosas contrações de treinamento, dor na bexiga, xixi de 5 em 5 minutos.
Gravidez não é doença, mas algumas trazem algumas doenças como; depressão antes do parto, e depressão pós - parto, pré-eclampsia, diabete gestacional, anemia, infecção urinária, hiperêmese gravídica ( vômitos intensos e excessivos causando desidratação), trombofilia, e a famosa ansiedade. Uma pré-eclampsia não cuidada e as vezes até cuidada e a tratada MATAM em torno de 3 mulheres por dia no Brasil. Então porque raios de motivo as pessoas dizem que gravidez não é doença com a intenção de que façamos tudo normalmente sendo que tudo não está normal. Admiro aquelas que conseguiram trabalhar até o último dia do parto, admiro aquelas que conseguiram seguir suas vidas normalmente durante os 9 meses de gestação, mas nem todas as pessoas são iguais. Existem mães que não tem complicação nenhuma durante a gravidez toda, e existe aquela que não saiu do hospital. Existem aquelas que sentiram muita dor no parto e existem aquelas que não sentiram dor nenhuma. Existem aquelas que não querem mais ter filhos e existem aquelas que querem tem vários ainda. Existem aquelas que se recuperaram rápido e super tranquilas da cesariana e existem aquelas que a recuperação foi dolorosa e complicada. Cada mulher trás dentro de si sua força, seu limite, e não podemos exigir que pelo fato da Maria ter tido uma gravidez tranquila e saudavel a Marianinha também tenha. Não sabemos o que se passa dentro de cada pessoa, não sabemos dos seus medos, dos seus traumas, dos seus receios, dos seus problemas diários, interiores, não sabemos... E se não sabemos não temos o que opinar.
Toda grávida sendo saudável ou não necessita de um carinho, de uma atenção diferente, de um pouco mais de amor do que um monte de gente palpitando e cheio de achismos. Entendam que se não perguntamos, é porque NÃO queremos a sua opinião, e tenham mais certeza ainda de que se perguntamos é porque precisamos e queremos a sua opinião.
Então o que aprendemos hoje?
- Que gravidez não é doença, mas traz consigo muitos sintomas, que pra algumas mulher é fácil lidar, e pra outras nem tanto, e querendo ou não VOCÊ DEVE respeitar isso.

Comentários

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Que legal.. Minha opinião é a seguinte: Gravidez não é doença, os "sintomas" na verdade não sao sintomas, são"consequência" da gravidez... Tipo, seu corpo tá mudando.. Alguma coisa vai sentir.. Ele muda por consequência da gravidez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karina, que bom que comentou!!!
      Te entendo e respeito tua opinião, acontece que pra médicos, e pessoas que trabalham no meio da medicina e enfermagem, toda reação que teu corpo tem anormal são sintomas. Assim como o vírus da gripe, e de diversas doenças, também nos causam consequências e reações, com a gravidez não é diferente.
      Se quando ficamos gripados a grande maioria das pessoas ficam de cama, e na gravidez os sintomas são 8x piores do que a gripe, então porque uma gestante também não pode ter direito de estar exausta e cansada, que sempre aparece alguém dizendo que não é doença. Se for por isso ninguém deveria receber atestado médico porque está gripado, porque gripe tambem não é doença. Claro, existem pessoas que planejam engravidar, mas isso não muda o fato de que tenham sintomas ( sintomas= reações, manifestaçoes) e que eles são extremamente desconfortáveis e pra algumas mulheres até terriveis.
      E também existem aquelas que não se cuidaram e engravidaram, apesar de existirem muitos métodos pra se prevenir; porém pra uma gripe tambem existem muitos métodos de precaução, assim como pra várias doenças. E como escrevi no texto acima, a gravidez pode desencadear MUITAS doenças que podem matar, e matam.
      O que devemos refletir é que se para os médicos a gravidez contém sintomas e muitas vezes é necessário um cuidado extremo porque nós, leigos, gritamos aos quatro ventos pra alguma grávida quando a vemos reclamando de cansaço ou exaustão que "gravidez não é doença".
      Nosso corpo muda, então são sintomas, mesmo que a gente aceite ou não, entenda ou nao.
      A única diferença é que no final desses sintomas todos,e desse periodo todo, vem uma grande recompensa que faz valer apena ter passado por tudo e até ter ouvido tanta bobagem alheia ❤

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Gravidez com certeza não é doença mesmo. Uma pessoa grávida pode continuar fazendo tudo o que fazia antes, a não ser que tenha que ficar em repouso constante, mas de um modo geral é tudo normal e natural.
    Beijos
    Mundo de Nati

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O amor que nasce no parto ❤

Será que vou ser uma boa mãe?